Ainda em fase recuperação de um acidente, o piloto luso da Honda, atual líder da classificação do WTCC, foi aconselhado a não competir.

Tiago Monteiro passou as últimas cinco semanas a recuperar de um acidente que sofreu no circuito da Catalunha, em Barcelona, e na sequência de um exame que efetuou hoje o piloto foi aconselhado pelos médicos a repousar e não correr no próximo fim de semana na China. Triste por não conseguir defender em pista a liderança do WTCC, o piloto da Honda reconheceu que o seu foco está agora recuperação para a dupla jornada que se disputará no Japão no último fim de semana de outubro.

Em comunicado, Monteiro esclareceu: “O edema cerebral resultante do acidente que infelizmente ainda não desapareceu por completo, assim como ligeiras limitações em termos de visão e algumas dores cervicais foram determinantes para que a equipa médica tivesse decidido que para o meu bem me mantivesse em Portugal e continuasse o programa de recuperação. Não era isto que queria ouvir por parte dos médicos, não queria de todo falhar esta prova e fiz tudo o que estava ao meu alcance para recuperar. Mas o corpo humano é assim mesmo, tem o seu tempo e as suas limitações e entendo que mais importante que tudo o resto é o meu estado de saúde. Vou falhar esta prova mas espero poder alinhar na outra. Não vou baixar os braços, vou continuar a fazer todos os tratamentos aconselhados pelos médicos e esperar que o meu corpo continue a progredir como até agora”.

Gabriele Tarquini será substituto do piloto português nesta jornada na China que se disputará em Ningbo.

Assine Já

Edição nº 1460
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes