O motor VC-T pode “transformar-se“ consoante as exigências de potência ou economia para fazer variar (baixando ou aumentando) a sua respetiva taxa de compressão.

A Infiniti apresentou o primeiro motor de produção com taxa de compressão variável, o VC-T (Variable Compression – Turbocharged). A solução foi criada num bloco a gasolina de 2.0 litros de quatro cilindros. Mais informações no Autohoje que vai para as bancas esta quinta feira, 18 de agosto.

Assine Já

Edição nº 1460
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes