Na soma de veículos e comerciais ligeiros, a aliança conseguiu suplantar o grupo Volkswagen e Toyota, a nível mundial.

A Renault-Nissan liderou as vendas mundiais em março em veículos de passageiros e comerciais ligeiros. De acordo com dados do JATO Dynamics, a aliança liderada por Carlos Ghosn (na imagem) conseguiu comercializar 992 mil carros, o que equivale a um crescimento de 11% face a igual período de 2016. No pódio, seguiram-se os crónicos rivais, que costumam repartir a liderança. Em segundo lugar ficou o grupo Volkwagen, com 968 mil carros e em terceiro a Toyota com 934 unidades, com um aumento de 8%.

A balança poderá ter desequilibrado com a junção dos números da Mitsubishi, entretanto integrada na aliança Renault-Nissan.

Assine Já

Edição nº 1445
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes