Com o Rali de Monte Carlo à porta, a Skoda criou um pacote de equipamento alusivo à prova e que se destina, entre outros, ao citadino Citigo que, assim, ganha um visual mais exclusivo e alguns apontamentos dinâmicos “vencedores”.

A Skoda decidiu capitalizar a imagem adquirida no campeonato WRC2 e o facto de ser uma forte candidata à vitória à classe no Rali de Monte Carlo (começa a 16 de janeiro) e criou um pacote de equipamento alusivo à mítica prova do campeonato do mundo de ralis. Para já, os vencedores são os clientes que, por 1469€, podem adquirir o referido pack Monte Carlo e enriquecer o Citigo com um “look” exclusivo no interior e no exterior. E as mais valias não se resumem aos apontamentos em vermelho nos bancos e nas aplicações interiores, ao volante desportivo em pele com pespontos encarnados, aos tapetes específicos, aos faróis escurecidos e ao forro de tejadilho em preto. O Citigo Monte Carlo recebe ainda para choques desportivos, jantes negras de 15” e suspensão rebaixada. O resultado, do ponto de vista estético, é apelativo e relativamente discreto, sem ser enfadonho. Verdadeira “arma” da Skoda em ambiente urbano, o Citigo MC é muito ágil e a suspensão desportiva e as jantes maiores não penalizam de forma evidente o conforto. O motor 1.0 é desembaraçado em cidade e a caixa precisa e rápida, mas os 60 cv raramente põem à prova o “upgrade” dinâmico. Fora do ambiente citadino, o Citigo de 60 cv revela maiores limitações e, se fizer com frequência incursões em estrada aberta, talvez deva considerar a variante de 75 cv do mesmo três cilindros, que é bastante mais rápida e, curiosamente, gasta menos que a congénere de 60 cv. Até porque a diferença de preço entre ambos, para níveis de equipamento similares, não chega sequer aos 500€. E sempre com a garantia de que pode dotar qualquer um dos motores com o atrativo pack Monte Carlo.

Assine Já

Edição nº 1437
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes